Inscrições Abertas

Data
6 e 7 de novembro

O EVENTO

O sistema construtivo light steel framing representa hoje uma alternativa para o setor, trazendo novas soluções e oportunidades.

Profissionais atuantes que tem contribuído significativamente para o desenvolvimento do sistema no Brasil estarão reunidos com arquitetos, engenheiros, tecnólogos, entidades de classe, construtoras, universidades, indústria e fornecedores para apresentar a tecnologia, as inovações, desafios e tendências do mercado da construção civil.

Brasil e o LSF

Nos últimos anos, o potencial do sistema construtivo tem sido cada vez mais explorado em todos os tipos de projetos, de Norte a Sul do país. Cases residenciais de sucesso podem ser encontrados no sul e sudeste do país, a exemplo das casas de alto padrão em Santana de Parnaíba/Alphaville (SP), em condomínios em Canoas (RS), e em Vitória (ES) . Já no estado de Minas Gerais, por exemplo, o LSF foi a solução encontrada por administrações públicas para reduzir pela metade o tempo de execução de Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), de Unidades Básicas de Saúde (UBS) e também de inúmeras creches. Além das tipologias de obras citadas, a versatilidade do Light Steel Framing também tem possibilitado seu emprego em construções aeroportuárias, estádios esportivos, hotéis, edificações industriais e habitações de interesse social. Tais usos comprovam, cada vez mais, os benefícios da construção industrializada e a consolidação do LSF.

Cases no Brasil

  • +

    O Mercado

    No Brasil, mesmo em meio à crise que o país enfrenta, o setor cresce e aponta um caminho promissor às construtoras e governo no que diz respeito a custos, prazos, sustentabilidade e eficiência construtiva. A terceira edição da pesquisa “Cenário dos Fabricantes de Perfis Galvanizados para Light Steel Frame & Drywall”, realizada em 2016 (ano base 2015), pelo Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA) em parceria com o Instituto de Metais não Ferrosos (ICZ) apontou, por exemplo, um aumento na produção de perfis de 20% em relação ao ano anterior. Em números, isso perfaz mais de 46 mil toneladas de perfis produzidos durante o ano de 2015. Sendo que 69% das obras correspondem a edificações industriais.

  • +

    Os profissionais

    O futuro da construção civil está pautado em soluções inteligentes, eficazes, e nas inovações tecnológicas oferecidas pela indústria. A capacitação e reciclagem profissional são imprescindíveis para os arquitetos e engenheiros alinhados com as questões de nosso tempo.
    Obras rápidas, edificações seguras, ausência de resíduos, baixo impacto ambiental, são algumas das características do sistema construtivo light steel framing.

  • +

    Indústria e Fornecedores

    A indústria da construção civil no Brasil e no mundo tem buscado sistemas cada vez mais eficientes com o objetivo de aumentar a produtividade, diminuir os desperdícios de materiais e mão de obra, e atender a uma demanda crescente que preza por produtos competitivos e com melhor qualidade. Atentos a esse mercado, fornecedores e indústria têm incluído em suas bases setores dedicados exclusivamente ao LSF, como é o caso da Saint-Gobain, da Eternit, da Knauf, da Gypsum –Lafarge, Votorantim Metais, por exemplo. Por outro lado, novas empresas surgem neste segmento, além de líderes mundiais que, aos poucos, vem se instalando no Brasil como as americanas LP Building Products e a USG , além da argentina A.D. Barbieri, líder no sistema, na América Latina entre outras.

Tecnologia Steel Frame

Programação - Dia 6 das 14h às 21h

  • Tecnologia e Industrialização na construção civil
  • O conceito estrutural e soluções tecnológicas
  • A concepção do projeto arquitetônico para o sistema lsf
  • O projeto estrutural no sistema lsf
  • O desempenho acústico no sistema lsf
  • O light steel framing em edificações residenciais

Programação - Dia 7 das 14h às 21h

  • Norma de desempenho e o sistema light steel framing
  • O BIM para o LSF
  • Empreender em LSF: incorporar, construir e vender
  • O aço galvanizado e a vida útil das estruturas
  • Avaliação e análise do desempenho no sistema lsf
  • Empreendimento Residencial: Do processo construtivo ao consumidor final
  • MCMV: o processo da obra, diferenciais e desafios.
  • A capacitação profissional

Veja o evento em Brasília

Veja o evento em Recife

Picture

Maria Angelica Covelo
Engenheira Civil

Maria Angelica Covelo
Engenheira Civil

Engenheira civil Maria Angélica Covelo Silva é mestre pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e doutora pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.
É sócio-fundadora das empresas Centro de Tecnologia de Edificações (CTE) e Núcleo de Gestão e Inovação (NGI). Autora de cerca de 100 artigos técnicos publicados em revistas especializadas em engenharia e construção, no Brasil e no exterior, também possui livros publicados, dentre eles "Sistema de gestão da qualidade para empresas construtoras", da Editora Pini.

Picture

Bernardo Tutikian
Engenheiro Civil

Bernardo Tutikian
Engenheiro Civil

Professor e pesquisador da Unisinos - RS, engenheiro civil, formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, mestre e doutor em engenharia pela UFRG. Pós doutorado pela CUJAE , Professor visitante da Universidade de Missouri of Science and Technology (EUA) e pesquisador da universidad de la Costa - CUC (Colômbia). Possui especialização em materiais de construção, especificamente em dosagem de concretos autoadensáveis. É coordenador do Instituto Tecnológico de Desempenho para Construção Civil - ITT Performance e coordenador do projeto de Rede Redetec MCTI/MCIDADES/FINEP/REDETEC; Docente permanente do Mestrado Profissional de Arquitetura e Urbanismo e do Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil; e professor de tecnologias construtivas, materiais de construção e patologia. Também coordena os cursos de especialização em Construção Civil e Patologia nas Obras Civis na Unisinos. Orienta trabalhos de conclusão de curso, mestrados e doutorados.

Picture

Mariana Bronstrup
Engenheira Civil

Mariana Bronstrup
Engenheira Civil

Possui graduação em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1999), curso de pós graduação em nível de especialização em Gestão Empresarial pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003) e Mestrado Acadêmico em Engenharia Civil pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2010) na área de Gestão de Resíduos. Atualmente é sócia gerente da Brönstrup Construções Incorporações e Participações Ltda. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em obras e instalações prediais e saneamento , atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento e controle de obras e implantação e manutenção de programa de qualidade pbqp-h / iso9001/2000. Experiência como docente na faculdade de Engenharia Civil do Instituto Porto Alegre da Igreja Metodista (IPA) no ano de 2012.

Picture

Helena Rodrigues
Arquiteta e Urbanista

Helena Rodrigues
Arquiteta e Urbanista

Arquiteta e Urbanista , é gerente de projetos e orçamentos da Gyp Group Brasil, da qual faz parte a Gypsteel, indústria que trabalha com perfilados, além da Steel Frame Engenharia, que faz obras de grande porte. Desde 2010, a arquiteta trabalha com LSF e responde pela execução e projetos de galpões, edifícios multipavimentos e fachadas. Entre as obras executadas está o Parque Olímpico do Rio de Janeiro, e muitas outras.

Picture

Gladimir Grigoletti
Engenheiro Civil

Gladimir Grigoletti
Engenheiro Civil

Graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Maria , mestrado em Estruturas pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e doutorado em Mecânica dos Sólidos pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, PROMEC, da Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente é professor adjunto da Universidade Luterana do Brasil e professor titular do Centro Universitário Ritter dos Reis. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Estruturas Metálicas.

Picture

Heloísa Pomaro - SP
Arquiteta e Urbanista

Heloísa Pomaro - SP
Arquiteta e Urbanista

Arquiteta e urbanista graduada pela Universidade Braz Cubas, é especialista em Light Steel Framing (LSF) e sistemas construtivos ecoeficientes. Proprietária da Micura Steel Frame, construtora que se tornou referência em projetos e obras construídos com o sistema LSF. Em 2010, deu início à capacitação de profissionais do setor, quando fundou a primeira escola especializada no sistema construtivo, a Mictech Cursos. Atualmente, a arquiteta ocupa lugar de destaque no cenário nacional: vice-presidente da ABCEM (Associação Brasileira da Construção Metálica); presidente da ADIMACO (Associação Nacional dos Distribuidores e Instaladores de Material da Construção a Seco) e vice-presidente da ACOMAC (Associação dos Comerciantes de Material de Construção de São Paulo), além de diretora deliberativa da AEAMC (Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Mogi das Cruzes).

Picture

Luiza Abdala
Engenheira Química

Luiza Abdala
Engenheira Química

Sales & Business Development Consultant at Votorantim Metais.
Atua a 06 anos em Inteligência de Mercado, Desenvolvimento de Mercado, Assistência Técnica e Vendas, com forte atuação na área estratégica.
Atua também no relacionamento com associações nacionais e globais para definição de ações em conjunto para desenvolvimento de mercado.

Patrocinadores

Apoio

  • Luana Carregari

    “O LSF avança em diversos países e tem se mostrado uma alternativa para a construção civil, alinhada às necessidades deste século: rapidez, qualidade, redução de impacto ambiental, mão de obra qualificada. O crescimento do número de construções e projetos em execução em Light Steel Frame suscita um novo olhar e um urgente comprometimento da construção civil e de suas principais lideranças com essa realidade.”

    Luana Carregari
    Idealizadora e Diretora do Congresso Latino Americano de LSF
    1o Fórum de Negócios de Sistemas Construtivos Inovadores
    Encontros Regionais de Construção a Seco LSF
    Diretora da Mictech – Cursos Capacitação LSF

  • “Hoje precisamos pensar nos impactos ambientais em tudo o que fazemos: do nosso bem-estar, aos meios de transporte, até o lugar em que vivemos. A sustentabilidade é essencial para garantir um futuro saudável para as futuras gerações. O LSF é a melhor alternativa para a construção civil, pois une qualidade, rentabilidade e sustentabilidade a um setor carente de opções ecologicamente corretas."

    Rosana Jatobá
    Jornalista, apresentadora e mestre em Gestão e Tecnologias Ambientais pela
    Universidade de São Paulo – USP

EVENTO REALIZADO
LOCAL: RECIFE- PE
Data: 10 e 11 de maio de 2017

Veja o sucesso do evento em Recife
EVENTO REALIZADO
LOCAL: BRASÍLIA - DF
Data: 17 de agosto de 2017

Veja o sucesso do evento em Brasília
LOCAL: SÃO LEOPOLDO - RS
Data: 6 e 7 de Novembro
Unisinos - Anfiteatro Padre Werner
Campus São Leopoldo - Av. Unisinos, 950 - Cristo Rei
São Leopoldo – RS - 93022-750

LSF - Conceito

O Light Steel Framing (LSF) promove uma sistemática mudança na forma de projetar, planejar e executar uma edificação. Este sistema de construção a seco é constituído por estrutura leve de perfis de aço galvanizado, que formam um esqueleto estrutural autoportante, composto de painéis, vigas, tesouras de telhado e outros elementos, projetados para suportar as cargas da edificação.


Saiba mais

  • +

    Diferenciais

    O LSF proporciona leveza estrutural à edificação, se comparado a uma construção em alvenaria. Com isso, diminuem-se as cargas de fundação e, consequentemente, o custo dessa etapa da obra. Outro aspecto particular do sistema, que o diferencia dos demais, é sua composição por subsistemas (estruturais, de isolamento, de acabamentos, de instalações, etc).

  • +

    Sustentabilidade

    O aço é um material 100% reciclável. Além disso, o LSF é um sistema construtivo inteligente que se destaca por utilizar elementos fabricados industrialmente e com rigoroso controle de qualidade. Com isso, reduz-se significativamente a quantidade de mão de obra no canteiro, eliminando ainda desperdícios de materiais e água.

  • +

    Vantagens

    O sistema construtivo Light Steel Frame alia as necessidades deste século: prazos curtos; uso de produtos padronizados com tecnologia avançada, visto que os elementos construtivos são produzidos de forma industrial e com rigoroso controle de qualidade; durabilidade estrutural, proporcionada pelo processo de galvanização dos perfis; melhores níveis de desempenho termoacústico; eficiência produtiva; redução de impacto ambiental; flexibilidade ao projeto arquitetônico; mão de obra qualificada e racionalização geral da obra.